Lasar Segall – O Pintor de Almas"/>

Lasar Segall – O Pintor de Almas

Ilustrações:

quadros do pintor
Lasar Segall;
capa e projeto gráfico
de Luise Weiss
Editora Callis, 2001
48 páginas
 
* * * * *
 
Selo Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil

 
* * * * *
 

 

"A visita a uma exposição do pintor Lasar Segall leva uma velha senhora judia a reviver na lembrança, sua própria história de exílio e perseguições. Ë caminhada solitária dela, junta-se um guarda negro.

Na conversa, eles contam suas histórias de sofrimento e preconceitos. A escritora Lia Zatz buscou, na obra do pintor lituano-brasileiro, a fonte de inspiração de Lasar Segall – O Pintor de Almas. (…) A obra mostra, em uma edição muito bem cuidada, uma antologia das obras de Segall. Essa seleção é pontuada pelo diálogo dos dois personagens. Da história e das fontes de
inspiração do artista – a condição judaica e a pobreza no Brasil – a escritora retirou os elementos para compor sua obra. Enquanto a velha senhora se lembra dos pogrons – massacres de judeus que aconteciam principalmente na Europa Oriental dos séculos 19 e 20 -, o guia fala sobre a vida nas favelas, onde a miséria domina a paisagem e os negros e mestiços são maioria (…)" (artigo de Artur Araújo, Correio Popular, Campinas, 20/10/2001).

 
 




<< VOLTAR PARA O TOPO